POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL

Francisca Tânia da Silva Menezes

Resumo


Este trabalho tem por objetivo analisar a questão das políticas públicas para a formação de professores da Educação Infantil, confrontando a base legal contida em diversos documentos de relevância, como a Constituição, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a Lei de Diretrizes e Bases Nacionais (LDBEN) e o Plano Nacional de Educação (PNE), com a realidade prática encontrada nas escolas. Levando em conta que muitos professores que trabalham com este nível de ensino não têm conhecimento do processo de desenvolvimento da criança porque não possuem a formação adequada, ou têm uma formação deficitária para esta área, para lidar com este público, é que proponho este trabalho de reflexão. E considerando que na educação infantil encontra-se a base de formação da vida escolar da criança que será carregada por toda sua existência. Assim, através da análise do que tratam estes documentos a respeito das políticas públicas para formação de professores da educação infantil e o paralelo do que acontece nas escolas, pode-se saber o que está acontecendo de fato com a educação infantil, aqui considerada como essencial para o pleno desenvolvimento do indivíduo nas séries posteriores e no decorrer de toda a sua vida escolar.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .