Alunos e professores do Câmpus Amajari participam do lançamento de projeto pioneiro em comunidade indígena no Brasil

por Laura publicado 01/06/2015 11h45, última modificação 01/06/2015 11h45
Na manhã da última sexta-feira (29), alunos e professores do Instituto Federal de Roraima/Câmpus Amajari (IFRR/CAM), participaram da visita do ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho, à Comunidade Indígena Guariba, para o lançamento do projeto de piscicultura, com alevinagem nos tanques.

Na manhã da última sexta-feira (29), alunos e professores do Instituto Federal de Roraima/Câmpus Amajari (IFRR/CAM), participaram da visita do ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho, à Comunidade Indígena Guariba, para o lançamento do projeto de piscicultura, com alevinagem nos tanques. 

O projeto é o primeiro na área de piscicultura a ser implantado em comunidades indígenas no País e tem como objetivo a implantação de polos produtivos para a criação do tambaqui. Conforme destacou Barbalho, “além de representar uma nova fronteira econômica de geração de emprego e renda, o projeto garantirá segurança alimentar e proteína de qualidade para a população local”.

O professor Lucas Comassetto, Coordenador do curso Técnico em Aquicultura do IFRR/CAM, ressalta que a visita do ministro consolida a relevância do estado, em especial do Município do Amajari, como polo produtor de pescado. Comassetto também pontua a importância da parceria com o Ministério da Pesca e Aquicultura para o fomento da atividade.

“Hoje o Instituto Federal de Roraima/Câmpus Amajari desponta, no estado, como a única instituição de formação técnica especializada em Aquicultura. Dessa forma, é imprescindível a parceria institucional com vistas à melhoria da capacitação dos alunos que serão inseridos no mercado de trabalho local”, conclui o professor.

Para o aluno Tiago Paz, do curso Técnico em Aquicultura, a visita e o lançamento do projeto foram importantes porque “deverão garantir o desenvolvimento do ensino no polo, em especial dos futuros técnicos em aquicultura formados pelo Instituto Federal”.

Ao final da solenidade, os alunos e os professores Lucas Comassetto, Pierlângela Cunha e Karine Cavalcanti fizeram a entrega ao ministro de uma darruana, utensílio indígena utilizado para o transporte de peixe. 

Reunião com o Ministro - Na noite de quinta-feira (28), o diretor-geral do Câmpus Amajari, George Sterfson Barros, e os professores Lucas Comassetto e Karine Cavalcanti participaram da reunião com o ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho, em Boa Vista. Na oportunidade, os servidores entregaram a Barbalho o Projeto de Ampliação do Curso Técnico em Aquicultura e o uniforme do IFRR/CAM.

Para o diretor-geral, “a reunião possibilitou termos novas perspectivas para a realização de convênios e a implantação de laboratórios com recursos do Ministério da Pesca. Com isso, forneceremos assistência técnica aos pequenos agricultores e às comunidades indígenas a custo zero”.