Campus Amajari tem primeiro debate entre candidatos a reitor

por Rebeca Lopes Silva publicado 19/05/2016 16h07, última modificação 19/05/2016 16h07
O ciclo de debates entre os candidatos aos cargos de reitor e diretores-gerais de campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR) se iniciou nesta quarta-feira, dia 18. O Campus Amajari foi o primeiro a receber os candidatos ao cargo de reitor. Devido à falta de energia, o evento, que deveria ocorrer às 8h30, com alunos da unidade, e às 14h30, com servidores, foi realizado em horário corrido, com as discussões sendo concluídas por volta das 13h45.

O ciclo de debates entre os candidatos aos cargos de reitor e diretores-gerais de campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR) se iniciou nesta quarta-feira, dia 18. O Campus Amajari foi o primeiro a receber os candidatos ao cargo de reitor. Devido à falta de energia, o evento, que deveria ocorrer às 8h30, com alunos da unidade, e às 14h30, com servidores, foi realizado em horário corrido, com as discussões sendo concluídas por volta das 13h45.

A definição de datas ocorreu na segunda-feira, dia 17, em reunião da comissão eleitoral central com membros das comissões locais (dos campi) e com os candidatos a reitor e a diretores-gerais. No Amajari, ficou acordado que o debate ao cargo de diretor-geral será feito no dia 25 de maio, também na mesma dinâmica, com alunos e servidores.

De acordo com o presidente da comissão eleitoral do CAM, professor Marcos Antonio de Oliveira, que também mediou o debate desta quarta-feira, foram disponibilizadas urnas antes do início da atividade, para que alunos e servidores depositassem seus nomes e perguntas aos candidatos.

O debate foi dividido em quatro blocos. No primeiro, os candidatos, usando o tempo de até 10 minutos, se apresentaram ao público e expuseram suas propostas. No segundo, fizeram perguntas entre si. No terceiro, o público teve a oportunidade de fazer perguntas aos debatedores. “O último bloco foi de considerações finais”, esclareceu o presidente.

Oliveira também destacou a importância de a comunidade acadêmica haver participado do debate. “É importante que servidores e alunos entendam a relevância do processo de indicação dos gestores, porque isso vai definir os rumos do Instituto Federal de Roraima nos próximos quatro anos. Além disso, este é o único momento em que os candidatos a reitor estão oficialmente no campus, oportunidade única para questioná-los, conhecer suas propostas e, assim, saber os rumos que cada um quer para a instituição”, afirmou.

 

 

Rebeca Lopes

IFRR/CCS/CAM

19/5/16