Campus Amajari terá atividades alusivas ao Dia do Índio

por Rebeca Lopes Silva publicado 12/04/2016 11h08, última modificação 12/04/2016 11h08
Em alusão ao Dia do Índio, comemorado no dia 19 de abril, alunos do Campus Amajari/Instituto Federal de Educação Tecnológica de Roraima terão atividades diversificadas até o final deste mês. A primeira será a Semana do Índio, de 18 a 20 de abril, e a última, no final do mês, uma visita à Pedra Pintada.

Em alusão ao Dia do Índio, comemorado no dia 19 de abril, alunos do Campus Amajari/Instituto Federal de Educação Tecnológica de Roraima terão atividades diversificadas até o final deste mês. A primeira será a Semana do Índio, de 18 a 20 de abril, e a última, no final do mês, uma visita à Pedra Pintada.

De acordo com o organizador da programação, professor Marcos Antônio de Oliveira, durante o mês de abril os alunos terão várias referências quanto ao universo indígena nas aulas de História, Filosofia, Artes, Biologia, Língua Portuguesa e em algumas disciplinas da área técnica.

No dia 20, a partir das 14h, na área de convivência do campus, o escritor e servidor do IFRR/CAM, Ricardo Dantas, comentará sua obra indigenista Meia Pata, que faz parte dos livros exigidos para o vestibular da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Outra atração será o artista plástico indígena Jaider Esbell e o grupo indígena Parixara.

Segundo Oliveira, o objetivo é apresentar a pluralidade do patrimônio sociocultural brasileiro, bem como aspectos socioculturais de outros povos e nações, evitando qualquer discriminação baseada em diferenças culturais, de classe, de crenças, de etnia ou de outras características individuais e sociais.

O professor destaca que o Município do Amajari tem como característica o grande número de reservas indígenas, nas quais muitos dos seus integrantes sofrem preconceitos. “Faz-se necessária uma reflexão e atividades que valorizem as sociedades indígenas, conhecendo, debatendo e analisando a história, os hábitos e os costumes indígenas”, explicou.

As atividades externas envolvem visitas técnicas à Comunidade Boca da Mata, Município de Pacaraima, entre os dias 18 e 19, e ao sítio arqueológico Pedra Pintada, nos dias 28 e 29. A intenção é estimular a pesquisa da cultura indígena. Os dois locais estão localizados na Terra Indígena de São Marcos, demarcada pelo Decreto 312, de 29/10/1991.

“Todas as atividades têm o objetivo de valorizar e estimular o respeito à cultura e ao universo indígena, possibilitando que os alunos, que são em sua maioria de origem indígena, sintam orgulho de sua etnia e ascendência", disse o professor, enfatizando que as atividades buscam cumprir o que determina a Lei 11.645/2008, que estimula a valorização da cultura indígena.

 

 

Rebeca Lopes

IFRR/CCS/CAM

Fotos: IFRR/CAM

12/4/16