Oito servidores do Campus Amajari são selecionados para mestrado

por Rebeca Lopes Silva publicado 14/07/2016 10h55, última modificação 15/07/2016 14h44
O Campus Amajari teve oito servidores selecionados para cursar o mestrado em Educação Agrícola, resultado da parceria entre a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), por meio do Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola (PPGEA), e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR). Dos oito selecionados, quatro são professores e quatro técnicos.

O Campus Amajari teve oito servidores selecionados para cursar o mestrado em Educação Agrícola, resultado da parceria entre a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), por meio do Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola (PPGEA), e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR). Dos oito selecionados, quatro são professores e quatro técnicos.

A parceria garantiu a oferta de 30 vagas para servidores de todo o IFRR. Os aprovados iniciam, ainda este mês, no período de 25 a 29 de julho de 2016, a primeira semana de formação, que ocorre na UFRRJ. As atividades serão desenvolvidas prioritariamente no Campus Boa Vista Centro, conforme programação das semanas de formação, organizada pela Coordenação do programa.

De acordo com edital, o PPGEA é um programa interdisciplinar em educação que tem por objetivo promover a formação e a capacitação de profissionais da Educação Agrícola, para que possam desenvolver, na plenitude de suas potencialidades e possibilidades, as diferentes competências e saberes próprios da função docente.

Com servidores das seis unidades do IFRR concorrendo às vagas, o diretor-geral do Campus Amajari, George Sterfson Barros, diz que, a cada dia mais, a instituição vem buscando qualificar o seu quadro funcional, incluindo docentes e técnicos. “Nossa maior alegria é ver um grande número de servidores fazendo mestrado, como esse em Educação Agrícola, para adquirir mais conhecimento, não apenas para a realização pessoal, mas também para o desenvolvimento da instituição”, ressalta.

Uma das selecionadas foi a assistente social Marta Silva, 24, que alimentava a vontade de cursar um mestrado antes mesmo de concluir a graduação. Ela comenta que sempre quis trabalhar na área de educação e que, em abril de 2014, começou a trabalhar no Campus Amajari. “Posso dizer que o IF é a realização de um sonho profissional”, diz.

Sobre a sua aprovação, a assistente relata que sempre estava atenta às oportunidades e que, quando chegou à proposta do PPGEA, ficou muito entusiasmada e até incentivou aos colegas a tentar a seleção. “Esse mestrado vai ser uma oportunidade de refletir sobre a nossa prática profissional e de aprofundar a visão holística dos diversos vieses que a educação do campo apresenta, além de pesquisar e mergulhar na realidade que permeia a comunidade ao redor do campus e verificar como as tradições e a cultura do campo se manifestam no cenário escolar agrícola”, afirma.

No processo de seleção, a Coordenação Pedagógica do CAM ganhou destaque especial com a aprovação das quatro servidoras que se inscreveram: Aldaíres Aires da Silva Lima, Joelma Fernandes de Oliveira, Luana Firmino Lobo e Thays Cristine Soares de Carvalho.

 

Lista dos servidores do CAM selecionados para o mestrado

 

Aldaíres Aires da Silva Lima

Aldenor Araújo da Silva

Joelma Fernandes de Oliveira

Luana Firmino Lobo

Lucas Correia Lima

Marta Silva Souza

Paulo Alves Moreira

Thays Cristine Soares de Carvalho

 

 

Rebeca Lopes
IFRR/CCS/CAM
13/07/16