Semana do Meio Ambiente do CAM começa nesta quinta-feira, dia 2

por Rebeca Lopes Silva publicado 01/06/2016 17h25, última modificação 01/06/2016 17h25
A segunda Semana do Meio Ambiente do Campus Amajari do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR-CAM) ocorre de 2 a 4 de junho, na sede da unidade, com a abertura a partir das 14h30 do primeiro dia. Nos três dias, serão realizadas palestras, oficinas, exposição dos trabalhos pelos alunos e exibição de filmes sobre a temática água e meio ambiente.

A segunda Semana do Meio Ambiente do Campus Amajari do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR-CAM) ocorre de 2 a 4 de junho, na sede da unidade, com a abertura a partir das 14h30 do primeiro dia. Nos três dias, serão realizadas palestras, oficinas, exposição dos trabalhos pelos alunos e exibição de filmes sobre a temática água e meio ambiente.

O evento tem como público-alvo alunos do CAM, da Universidade Federal de Roraima e da Escola Agrotécnica da Universidade Federal de Roraima (Eagro). A ação de extensão, além de promover a inter-relação entre o instituto e a sociedade, tem o objetivo de sensibilizar a comunidade sobre a importância do meio ambiente, da qualidade da água e da preservação da fauna e da flora locais.

De acordo com a coordenadora de Extensão do CAM, Lilian Oliveira Rosa, a segunda edição da Semana do Meio Ambiente reafirma a responsabilidade do Instituto para com as ações de extensão e dissemina conhecimentos com prestação de serviços e difusão cultural, permitindo trocas de experiência entre a população e a comunidade acadêmica do IFRR-CAM.

Os alunos também são incentivados a obter novos conhecimentos por meio das palestras e das oficinas ministradas. “A necessidade de promover esses debates surge em um momento em que a questão ambiental tem gerado cada vez mais preocupações em uma sociedade altamente consumista, e preservar os recursos naturais, que são limitados, é uma questão de consciência”, disse.

Como resultados previstos para o final do evento, a coordenadora destaca esperar que a capacitação oferecida pelas oficinas desperte o interesse da comunidade acadêmica em aprofundar os estudos nessas áreas e a incentive a refletir sobre a diversidade do meio ambiente e seus impactos para a humanidade.

PROGRAMAÇÃO – No dia 2 de maio, depois da abertura, às 14h30, haverá o momento cultural e as palestras “Resíduo e agentes tóxicos ambientes e alimentares”, ministrada pelo professor da UFRR, Everton Lima; “A relação entre as técnicas agroecológicas e a qualidade da água”, apresentada pela professora do IFRR-CAM, Eliselda Corrêa; e “Importância e qualidade da água na cadeia do agronegócio”, proferida pelo professor da UFRR, André Siqueira.

No dia seguinte, a programação ocorrerá apenas pela manhã. Serão duas palestras: a primeira, “Desmatamento e suas consequências”, das 8h às 9h, com o professor do IFRR-CAM, Diego Coelho, e a segunda, “Qualidade da água na produção animal”, das 9h às 10h, com a professora da Eagro, Viviane Pimentel. No horário das 10h às 11h, haverá exposição de fotos e ação de sensibilização sobre educação ambiental.

No sábado, dia 4, das 8h às 10h, serão realizadas as oficinas “Identificação de Plantas Tóxicas no Campus Amajari”, coordenada pelo professor Everton Lima; “Plantas Medicinais”, administrada pelo professor Iraci Fidelis do IFRR-CAM; e “Agroecologia e Sustentabilidade em Agropecuária”, coordenada pelo técnico em agropecuária do CAM, Ricardo Dantas.

A programação continua à tarde com mais duas palestras. Na primeira, das 14h às 15h, a professora do CAM Rosenilda Pulcinelli vai abordar o tema “Água – revelando o azul do verde-amarelo”. Na segunda, no horário das 15h às 16h, o coordenador do curso superior em Aquicultura do CAM, Lucas Comassetto tratará do tema “Responsabilidade ambiental na Aquicultura”.

 

Rebeca Lopes

IFRR/CCS/CAM

1/6/2016