VII Encontro Pedagógico planeja educação profissional e do campo para o Câmpus Amajari

por Anderson Caldas publicado 09/02/2015 14h30, última modificação 23/02/2015 15h12
Durante toda a semana passada, o Câmpus Amajari do Instituto Federal de Roraima (IFRR/CAM) sediou o VII Encontro Pedagógico da unidade. Com o tema Educação Profissional e Educação do Campo, o evento teve ampla participação dos professores e proporcionou um momento de socialização e capacitação aos servidores ligados diretamente ao ensino.

Durante toda a semana passada, o Câmpus Amajari do Instituto Federal de Roraima (IFRR/CAM) sediou o VII Encontro Pedagógico da unidade. Com o tema Educação Profissional e Educação do Campo, o evento teve ampla participação dos professores e proporcionou um momento de socialização e capacitação aos servidores ligados diretamente ao ensino.

O reitor do IFRR, professor Ademar de Araújo Filho, participou do encontro e disse que é fundamental fomentar a discussão pedagógica. “A nossa função é trazer esclarecimentos sobre o processo de gestão e sobre as ações que estão postas para o Câmpus Amajari. No que diz respeito à questão pedagógica, nós temos grandes desafios. O maior deles é ampliar os cursos, principalmente verticalizar a educação superior, o que deve ocorrer brevemente”, afirma o gestor.

Durante o encontro, vários temas foram tratados, a exemplo da educação escolar indígena e inclusiva, do regime de alternância e do planejamento didático-pedagógico. O professor Ivamilton de Souza Araújo, do Instituto Federal do Amazonas/Câmpus Parintins, também participou e compartilhou os próprios conhecimentos referentes aos projetos integrados e interdisciplinares realizados no Amazonas.

“É muito comum os professores trabalharem de forma isolada, até mesmo por causa do caráter histórico da educação profissional e tecnológica. Entretanto, é necessário que a interdisciplinaridade ocorra nos eventos, nos planos de ensino e, principalmente, na sala de aula, pois é necessária a sistematização dos conhecimentos ”, explica Ivamilton.

A coordenadora pedagógica do Câmpus Amajari, Thays Cristine Soares de Carvalho, esclarece que o evento é um momento de reflexão, planejamento e reconstrução do fazer pedagógico. “O encontro tem um viés principal de planejamento do ensino, e os temas foram escolhidos com base nos anseios dos professores, nas dificuldades encontradas no ensino-aprendizagem”, conclui a coordenadora.