Polos indígenas da EaD do Campus Amajari recebem computadores

por Rebeca Lopes Silva publicado 08/11/2016 15h20, última modificação 09/11/2016 08h28
A Direção-Geral do Campus Amajari do Instituto Federal de Roraima (CAM-IFRR) e profissionais do Núcleo de Educação a Distância da unidade (Nead) iniciam, nesta semana, nos dias 9 e 10, a entrega de 32 computadores e notebooks para seis dos sete polos de EaD.

A Direção-Geral do Campus Amajari do Instituto Federal de Roraima (CAM-IFRR) e profissionais do Núcleo de Educação a Distância da unidade (Nead) iniciam, nesta semana, nos dias 9 e 10, a entrega de 32 computadores e notebooks para seis dos sete polos de EaD.

O primeiro a receber os equipamentos será o da sede do Município do Uiramutã, no norte de Roraima, nesta quarta-feira, dia 9, às 14 horas. No dia 10, será a vez dos polos localizados nas Comunidades Indígenas Araçá da Serra, Xumina e Raposa, no Município de Normandia, nordeste de Roraima. Todos estão dentro da Terra Indígena Raposa-Serra do Sol.

Somente a sede do Amajari não vai receber computadores, pois já dispõe de boa estrutura. As próximas visitas para a entrega dos equipamentos ocorrem no Truaru da Cabeceira, Município de Boa Vista, e na sede do Cantá, e estão previstas para as próximas semanas.

O Campus Amajari leva cursos técnicos para sete polos, sendo que cinco funcionam dentro de comunidades indígenas e oferecem os cursos de Cooperativismo e Informática na modalidade de Educação a Distância. Pelos dados do Censo Escolar 2016, são 224 alunos matriculados.

De acordo com o diretor-geral do CAM, George Sterfson Barros, os equipamentos vão dar suporte às aulas desses cursos. Os coordenadores de polos ficarão responsáveis pelos equipamentos, que não poderão ser retirados do local onde ocorrem as aulas e serão de uso exclusivo para apoio a elas.

Barros explica que os equipamentos continuam sendo de propriedade do IFRR e que, após o término dos cursos, serão devolvidos à unidade de ensino. “O Campus Amajari comprou computadores, e eles vão dar suporte ao ensino dos alunos da EaD”, disse.

 

 

Rebeca Lopes
CCS/Campus Amajari
8/11/2016