Sobre o Curso

por João Pedro baraúno da Silva Miranda publicado 25/07/2016 14h35, última modificação 12/12/2018 04h18

OBJETIVO GERAL

O Curso tem como objetivo formar profissionais em Tecnologia em Saneamento Ambiental capaz de desenvolver suas atividades junto ao processo produtivo, empreendendo negócios sustentáveis, utilizando de maneira racional a natureza e a cultura local.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Formar o Tecnólogo em Saneamento Ambiental capaz de desenvolver suas atividades junto ao processo produtivo, empreendendo negócios sustentáveis, utilizando de maneira racional a natureza e a cultura local, com a finalidade de aplicar conhecimentos científicos e tecnológicos na área ambiental de forma ética e com capacidade técnica e política.
  • Lidar com as variáveis ambientais considerando a relação homem/natureza, através dos fundamentos de diferentes ramos das ciências naturais e exatas, articulando esses conhecimentos com os outros campos do saber;
  • Analisar e avaliar as condições das variáveis ambientais com vistas à produção e aplicação de alternativas tecnológicas de prevenção, mitigação e/ou recuperação ambiental;
  • Atuar junto aos setores público e privado na gestão, monitoramento e fiscalização do meio ambiente com vistas ao equilíbrio ambiental e ao desenvolvimento sustentável;
  • Atuar na organização e na coordenação de equipes multidisciplinares de Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA);
  • Organizar e coordenar campanhas, cursos e treinamentos nas áreas de educação ambiental, poluição ambiental e saúde ambiental.


MERCADO DE TRABALHO

O Tecnólogo em Saneamento Ambiental é um profissional de nível superior, com formação humanística, conhecimento e domínio das competências gerais da área de saneamento e ambiente, principalmente no uso racional dos recursos naturais e culturais, contribuindo para o desenvolvimento sustentável da região em que estará atuando e também do contexto nacional, especialmente da realidade Amazônica – no que diz respeito às suas peculiaridades, potencialidades, limitações e biodiversidade. Conforme o Catálogo Nacional de Cursos, o planejamento, a gestão e operação de sistemas de saneamento ambiental são atribuições do Tecnólogo em Saneamento Ambiental. Entre outras atividades, ele gerencia o abastecimento e tratamento de águas, fiscaliza sua qualidade, implanta tratamento de efluentes e de resíduos domésticos e industriais, com o respectivo sistema de drenagem. A gestão de redes de monitoramento ambiental, planejamento e implementação de campanhas de educação sanitária e ambiental também são possibilidades de atuação desse profissional.