Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Modalidade: Tecnológico na Modalidade Presencial

Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação.

Documentos do Curso


Coordenação
Pierre da Costa Viana Junior

Contatos:

coordenacaotads@ifrr.edu.br          (95) 3621 - 8000 ramal 8033

Atendimento: 

Segunda à Sexta, das 14h às 21h

Período de Funcionamento:
Vespertino e Noturno 

Carga Horária:

2420 horas

Oferta de Vagas
70 vagas oferecidas anualmente

Periodicidade de Oferta:

Semestral

Regime Letivo

Modular

Consulte informações sobre o Curso na página e-MEC

Objetivo Geral

Formar profissionais éticos e de espírito empreendedor, com características de criatividade, versatilidade e habilidade intelectual no trato com as novas tecnologias, capazes de atuar em planejamento e implantação de sistemas computacionais de informação, analisando, projetando, documentando, especificando e testando e mantendo o mesmo em pleno funcionamento.


Objetivos Específicos

  • Oferecer um currículo que associe a teoria e prática no processo de formação dos estudantes;

  • Oferecer um currículo que habilite os tecnólogos à realização competente e ética de projetos de pesquisa voltados para a produção do conhecimento no domínio do desenvolvimento de softwares;

  • Oferecer um currículo que permita aos egressos reconstruir e construir conhecimentos científicos e tecnológicos na área especifica de sua formação, como bases indispensáveis à atuação profissional;

  • Proporcionar as condições para que os profissionais tecnólogos possam analisar criticamente a dinâmica da sociedade brasileira e as diferentes formas de participação do cidadão-tecnólogo nesse contexto para que, a partir daí, possa atuar com competência técnica e compromisso ético com as transformações sociais orientadas à construção de uma sociedade justa.


Requisitos de Acesso

O acesso aos cursos superiores do IFRR, em concordância com o PDI, far-se-á mediante a realização de:

  •  Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM), usando-se a nota alcançada no Sistema de Seleção Unificada (SISU) destinando-se 50% (cinquenta por cento) das vagas ofertadas;
  •  Processo Seletivo Vestibular e/ou demais formas de acesso constante na Organização Didática vigente, destinando-se 50% (cinquenta por cento) das vagas ofertadas.