Campus Boa Vista criará núcleo para o desenvolvimento do futebol e do futsal

por Virginia publicado 22/05/2020 13h44, última modificação 22/05/2020 13h44
Quando implementado, serão ofertadas atividades de futebol e de futsal para 150 jovens entre 13 e 17 anos, visando contribuir para o desenvolvimento integral destes por meio do esporte.

O Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV/IFRR) vai criar um núcleo para desenvolver o futebol e o futsal em todos os campi da instituição.  

Recursos –  A implantação do núcleo será possível graças à submissão do projeto de criação do núcleo ao Programa Academia & Futebol, da Secretaria Nacional de Futebol e Direitos do Torcedor (SNFDT), vinculada ao Ministério da Cidadania. A submissão se deu por meio da articulação conjunta do professor André Pereira Triani com a Diretoria de Extensão, Programas Especiais e Ações Inclusivas (Direx), via Coordenação de Convênios e Articulação Comunitária (CCAC). O projeto, com duração de dois anos, será supervisionado pela Coordenação do Curso de Licenciatura em Educação Física.

Programa – O Programa Academia & Futebol, da SNFDT, busca garantir aos brasileiros o acesso à prática do futebol e do futsal, bem como fomentar a produção e a difusão de conhecimentos sobre essas modalidades. Com isso, pretende contribuir para o desenvolvimento e a formação de crianças e jovens por meio da prática do futebol e do futsal no extremo norte da Região Amazônica.

“As ações do projeto são baseadas em três eixos. O primeiro é a oferta de atividades de futebol e de futsal para 150 jovens entre 13 e 17 anos, visando contribuir para o desenvolvimento integral destes por meio do esporte. O segundo é o desenvolvimento de pesquisas relacionadas ao treinamento esportivo com ênfase no futebol e no futsal. Já o terceiro eixo é a realização de eventos científicos para apresentar e discutir temáticas relacionadas a essas modalidades esportivas. Os professores e os acadêmicos do curso de Licenciatura em Educação Física do CBV vão estar envolvidos nas atividades dos três eixos e contarão com o apoio de outros setores da unidade, como a Direx, a Direção-Geral, além da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e  da Reitoria”, disse Triani.

Para coordenadora de Convênios e Articulação Comunitária do CBV, Fabia Micheline Duarte Alves, o projeto é relevante para a comunidade, tanto acadêmica quanto externa, pois busca contribuir, por meio da prática esportiva, para a saúde, o desenvolvimento e a formação do indivíduo. “Dentre as linhas de extensão está a voltada às atividades de fomento, apoio e desenvolvimento de esportes, como instrumento de socialização e integração. Consequentemente, envolve o princípio educativo e de promoção de bem-estar, seja físico, mental ou social de quem pratica esporte. A ação, além de proporcionar pesquisas na área e a capacitação dos profissionais de Educação Física ligados às áreas do futebol, do futsal e do treinamento esportivo, é gratificante para a Direx, uma vez que é fruto da integração de docentes que se unem em prol de ações que abrangem processos de formação, além da construção de conhecimento, como é a questão do desenvolvimento na vida familiar, na convivência humana, na própria instituição de ensino, enfim no convívio de um público que se aproxima do IFRR, mais especificamente do Campus Boa Vista, via ações esportivas, priorizando a efetivação do compromisso que envolve a responsabilidade social da nossa instituição de ensino”, explicou a coordenadora.

 

Virginia Albuquerque
CCS/Campus Boa Vista
22/05/20