Campus Boa Vista recebe Comissão para Renovação de Reconhecimento de curso

por Virginia publicado 01/08/2017 16h55, última modificação 09/08/2017 18h35
O Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV-IFRR) recebeu, na manhã desta segunda-feira, dia 31, os integrantes da Comissão para Renovação de Reconhecimento do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo, composta pelos professores Tatiana de Freitas Luchezi, da Universidade Nove de Julho (SP), e Osmar Fantinato, da Faculdade Eniac, de Guarulhos (SP).
Campus Boa Vista recebe Comissão para Renovação de Reconhecimento de curso

Os avaliadores permanecem no Campus Boa Vista até a quarta-feira, dia 2.

O Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV-IFRR) recebeu, na manhã desta segunda-feira, dia 31, os integrantes da Comissão para Renovação de Reconhecimento do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo, composta pelos professores Tatiana de Freitas Luchezi, da Universidade Nove de Julho (SP), e Osmar Fantinato, da Faculdade Eniac, de Guarulhos (SP).

Conforme a agenda dos avaliadores, a comissão deve permanecer no IFRR até à próxima quarta-feira, dia 2, quando participará de reuniões com a equipe gestora, a coordenação do curso, alunos, professores e com os membros da Comissão Própria de Avaliação (CPA). Além disso, realizará visitas às dependências do campus, incluindo setores administrativos e pedagógicos, salas de aula e laboratórios. Ela também analisará documentos institucionais e, para finalizar, fará uma reunião de encerramento com a equipe gestora e a coordenação do curso.

A avaliação para renovação de reconhecimento dos cursos superiores é realizada pelo Ministério da Educação (MEC) com instrumentos elaborados de forma conjunta pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

“Uma avaliação vem sempre para qualificar o curso. Então, tanto para a instituição quanto para os estudantes, a importância disso reside na qualidade do curso que a instituição vai ofertar e na qualidade do ensino que o aluno vai receber. Quando somos avaliados, sempre fazemos uma autoavaliação também. E isso nos leva a ter consciência das nossas fragilidades, ainda mais na atual conjuntura política do nosso país, e a nos reafirmar naquilo que temos de melhor, que é o compromisso da equipe gestora com essa qualidade”, disse a coordenadora do curso superior de Tecnologia em Gestão de Turismo, professora Luciana de Souza Vitório.

 

 

 

Virginia Albuquerque

CCS/Campus Boa Vista

Foto: Marcos Sá

1/8/2017