Encerrada II Semana de Computação e Informática de Roraima no Campus Boa Vista Centro

por Virginia publicado 14/11/2016 11h55, última modificação 17/11/2016 09h49
Na última sexta-feira, dia 11, ocorreu a cerimônia de encerramento da II Semana de Computação e Informática de Roraima (Seconinforr), com a palestra “Inovação Tecnológica e Start-up”, proferida pelo administrador Luiz Gustavo Oliveira Nogueira no auditório do Campus Boa Vista Centro do Instituto Federal de Roraima (CBVC-IFRR).

Na última sexta-feira, dia 11, ocorreu a cerimônia de encerramento da II Semana de Computação e Informática de Roraima (Seconinforr), com a palestra “Inovação Tecnológica e Start-up”, proferida pelo administrador Luiz Gustavo Oliveira Nogueira no auditório do Campus Boa Vista Centro do Instituto Federal de Roraima (CBVC-IFRR).

Na abertura, a diretora-geral do campus, professora Joseane de Souza Cortez, enfatizou o valor das parcerias institucionais e agradeceu a oportunidade de o IFRR ter sido palco da solenidade de abertura e encerramento do evento, voltado para alunos, professores e pesquisadores da área computacional.

O palestrante, formado em Administração de Empresas, tem mais de dez anos de experiência em análise e desenvolvimento de sistemas. É membro do comitê gestor da Buriti Valley, mentor de diversas startups e CEO da Ticketphone, uma plataforma de gestão de eventos  em tempo real por meio  de soluções tecnológicas.

Com um público ávido por conhecimento e preocupado com o mercado de trabalho na área de informática, o palestrante incentivou sobretudo os alunos a refletir sobre a importância de inovar na área tecnológica, avaliando nichos de mercado e como agregar valor por meio da diferenciação de serviços ou produtos. Ele afirmou que é nesse cenário que surgem as startups, empresas com grande potencial de crescimento, inovação, baixo custo e forte impacto social e/ou econômico, para auxiliar a gestão no atendimento às demandas sociais e no acompanhamento das mudanças e/ou utilização da informação.

Para os interessados em criar uma start-up, a Buriti Valley pode auxiliar, pois, conforme explicou Nogueira, “é uma organização em que há um movimento de união de esforços para apoiar novos negócios envolvendo diversas instituições – universidades, inclusive o IFRR, prefeitura, organizações do Sistema S, entre outras”. O espaço físico onde ocorre o treinamento, o desenvolvimento e o acompanhamento das startups é o Centro de Tecnologia de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI), localizado na Av. Glaycon de Paiva, no Bairro Mecejana.

BURITI VALLEY – A organização tem como objetivo fomentar o ecossistema roraimense e brasileiro ao selecionar propostas de negócios para participarem do ciclo de pré-aceleração, que visa contribuir para a formação dos empreendedores e consequente validação e desenvolvimento de startups, proporcionando um desenvolvimento pessoal e econômico e social aos envolvidos e ao estado. Para participar, há um processo de seleção de projetos com cronograma e regras detalhadas em edital, sendo o último divulgado no site do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) de Roraima em junho de 2016, o qual pode ser conferido no link: http://media.wix.com/ugd/2550ae_7b233065d3c1489b9b53e314e7d0eb8d.pdf.  O próximo edital está previsto para início de 2017.

PROGRAMAÇÃO - Palestras e workshops fizeram parte da agenda da Seconinforr, uma realização do Centro Universitário Estácio da Amazônia, com o apoio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR), da Universidade Federal de Roraima (UFRR), da Universidade Estadual de Roraima (Uerr), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), da Buriti Valley e da Samsung Ocean Manaus. A programação foi realizada em diversos espaços universitários da capital roraimense, no período de 7 e 11 de novembro. E ainda, no último sábado, dia 12, houve, nas dependências da Estácio, a I Maratona Roraimense de Programação, uma preparação para a etapa nacional, organizada pela Sociedade Brasileira de Computação. Outras informações podem ser obtidas no site: www.secoinforr.com.br

 

Sofia Lampert
Fotos: João Pedro Baraúna (colaborador)
CCS/Campus Boa Vista Centro
14/11/2016