Equipe de avaliadores do INEP/MEC está em Boa Vista para recredenciamento do IFRR

por Virginia publicado 19/10/2016 11h30, última modificação 19/10/2016 11h38
O Instituto Federal de Roraima (IFRR) recebe até hoje, 20, a equipe do INEP/MEC que procederá à avaliação obrigatória com vistas ao recredenciamento da instituição. O Campus Boa Vista Centro (IFRR-CBVC) é a unidade de referência da avaliação por ser o maior campus do IFRR e recebeu a equipe composta pelos professores: Adriel Rodrigues de Oliveira da Universidade Federal de Viçosa (MG), Maria do Carmo de Souza Batista da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Luiz Fábio Mischiatti.

O Instituto Federal de Roraima (IFRR) recebe até hoje, 20, a equipe do INEP/MEC que procederá à avaliação obrigatória com vistas ao recredenciamento da instituição. O Campus Boa Vista Centro (IFRR-CBVC) é a unidade de referência da avaliação por ser o maior campus do IFRR e recebeu a equipe composta pelos professores: Adriel Rodrigues de Oliveira da Universidade Federal de Viçosa (MG), Maria do Carmo de Souza Batista da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Luiz Fábio Mischiatti.

Na reunião de abertura dos trabalhos de avaliação, na última segunda-feira, 17, o pró-reitor de Extensão, professor Edvaldo Pereira da Silva, fez uma breve apresentação sobre os números institucionais com relação aos programas de ensino, pesquisa, extensão, expansão da infraestrutura física e humana, bem como explanou sobre a evolução histórica do IFRR e seu impacto na sociedade roraimense.

Sobre a avaliação para o recredenciamento a diretora-geral do CBVC, professora Joseane de Souza Cortez, enfatizou que o momento é de aprendizado para a comunidade acadêmica. “Esse processo de avaliação é novo para todos nós, pois somos uma instituição com história recente e ainda em construção. Afirmo que as informações, orientações e conhecimentos adquiridos durante a avaliação serão decisivos para nosso aprimoramento”, pontuou Joseane.

Sinaes - O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) analisa as instituições, os cursos e o desempenho dos estudantes. O processo de avaliação leva em consideração aspectos como ensino, pesquisa, extensão, responsabilidade social, gestão da instituição e corpo docente. O Sinaes reúne informações do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e das avaliações institucionais e dos cursos. As informações obtidas são utilizadas para orientação institucional de estabelecimentos de ensino superior e para embasar políticas públicas. Os dados também são úteis para a sociedade, especialmente aos estudantes, como referência quanto às condições de cursos e instituições.

Os processos avaliativos do Sinaes são coordenados e supervisio­nados pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes). A operacionalização é de responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os avaliadores destacaram que as avaliações institucionais com vistas ao recredenciamento contribuem não só para o aprendizado e crescimento das instituições que estão sendo avaliadas, mas sobretudo para a construção de indicadores para o próprio Sinaes. “Aprendemos, substancialmente, pois em conversas com os profissionais de várias instituições, conhecemos várias realidades e contextos, o que nos ajuda a tecer os relatórios conclusivos”, disse Maria do Carmo.

O professor Adriel de Oliveira relatou sua experiência como avaliador e de que forma tal prática contribui para o processo formativo profissional. “Ao longo de minha experiência como avaliador aprendi, sobretudo, que somos avaliados e também avaliamos a vida inteira, tanto nas questões profissionais, como pessoais. No âmbito institucional, cada avaliação é um processo estressante e nosso papel é tentar fazer esse trabalho da forma mais tranquila possível”, explicou Oliveira.

Já o professor Fábio Mischiatti enfatizou que a grande avaliação pela qual passa a instituição é aquela que a sociedade faz de acordo com o trabalho realizado junto à comunidade, se cumpre a missão e metas estabelecidas no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI).

Reuniões setoriais – Durante a visita, os avaliadores reuniram-se com gestores, servidores técnicos, docentes, membros da Comissão Própria de Avaliação (CPA), alunos e desenvolveram trabalhos de análise documental.

 

VIRGINIA ALBUQUERQUE

CCS/Campus Boa Vista Centro

19/10/2016