PARFOR – Coordenadora do plano no Campus Boa Vista Centro apresenta resultados do Parfor Norte em evento nacional

por Virginia publicado 05/07/2016 15h00, última modificação 05/07/2016 15h35
A coordenadora do Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica (Parfor) no Campus Boa Vista Centro/Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (CBVC-IFRR), professora Márcia Rosane Oliveira de Senna, participa, em Salvador, da reunião do Fórum Institucional de Coordenadores do Parfor que discute o tema “Formação Docente como Política de Estado”.

A coordenadora do Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica (Parfor) no Campus Boa Vista Centro/Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (CBVC-IFRR), professora Márcia Rosane Oliveira de Senna, participa, em Salvador, da reunião do Fórum Institucional de Coordenadores do Parfor que discute o tema “Formação Docente como Política de Estado”.

Durante o evento, a coordenadora fez a apresentação da Carta de Boa Vista, elaborada pelos participantes do Encontro do Parfor Norte, realizado nos dias 14 e 15 de junho de 2016. “Avaliamos de forma muito positiva tanto o evento regional quanto o nacional, pois, com essas ações, temos a oportunidade de fortalecer o Parfor, uma vez que os coordenadores estaduais estavam presentes. A intenção da reunião é encaminhar ao MEC a carta assinada por todos apresentando vários pontos de reivindicações, entre os quais destaco a continuação do plano com a garantia do recurso, a abertura da Plataforma Freire no segundo semestre de 2016, para o ingresso de novas turmas, novos cursos e, assim, a continuação do Parfor via Capes, o que para o IFRR representa o prosseguimento das ofertas de acordo com a demanda do Estado de Roraima”, explicou Márcia, acrescentando que todas as reivindicações da Região Norte foram acrescentadas na Carta do Fórum de Salvador, documento oficial encaminhado ao MEC.

Entre os principais assuntos discutidos na reunião nacional, que se encerra ainda nesta terça-feira, às 17 horas, estão o Parfor no contexto da política nacional de formação dos profissionais da educação básica, a base nacional comum curricular e a agenda de projetos conservadores. Também foram debatidos nos grupos de trabalho outros temas: financiamento, oferta, projetos pedagógicos, inovações e a agenda de formação do Parfor.

 

Virginia Albuquerque

CCS/Campus Boa Vista Centro

5/7/2016