Projeto de extensão desenvolvido por egressas terá resultados publicados em capítulo de livro da Rede Federal

por Virginia publicado 19/05/2017 09h13, última modificação 19/05/2017 09h13
As egressas do curso de Letras-Espanhol e Literatura Hispânica Nataly Nunes Ferreira e Cintya Lopes do Rosário, sob a orientação da professora Raimunda Maria Rodrigues Santos, terão os resultados do projeto de extensão intitulado “A extensão como articuladora do ensino e da pesquisa na formação de professores de espanhol no cenário do IFRR” publicados no livro Ensino de pesquisa nos institutos federais: cenário nacional e experiências didáticas, organizado pelo professor Antonio Ferreira da Silva Júnior.

As egressas do curso de Letras-Espanhol e Literatura Hispânica Nataly Nunes Ferreira e Cintya Lopes do Rosário, sob a orientação da professora Raimunda Maria Rodrigues Santos, terão os resultados do projeto de extensão intitulado “A extensão como articuladora do ensino e da pesquisa na formação de professores de espanhol no cenário do IFRR” publicados no livro Ensino de pesquisa nos institutos federais: cenário nacional e experiências didáticas, organizado pelo professor Antonio Ferreira da Silva Júnior.

O projeto, que culminou no capítulo do livro, foi desenvolvido, ao longo de 2013, com cerca de 140 alunos de uma escola da rede municipal, na faixa etária de 6 a 7 anos. De acordo com a professora Raimunda, o projeto teve como objetivo incentivar os discentes das séries iniciais do ensino fundamental a aprender uma língua estrangeira e a testar ferramentas para o ensino de espanhol. “Os resultados demonstraram as importância das ações de extensão associadas ao ensino e à pesquisa como alicerce para a formação profissional e humanística do professor de língua estrangeira”, explicou.

Nataly, que atualmente é tutora do curso de Licenciatura e Letras-Espanhol e Literatura Hispânica, na modalidade a distância, diz que a participação nos diversos projetos de extensão e pesquisa contribuiu significativamente para sua formação. “No início, muitos não queriam participar dos projetos, pois dava muito trabalho, mas depois, com o passar do tempo, queríamos participar de todos os editais. Tivemos experiências positivas e exitosas que refletiram em nosso aprendizado e experiência, as quais serviram, sobretudo, para nos dar a certeza de que escolhemos a profissão correta, de que realmente queríamos ser professores”, completou.

Assim como Nataly, a egressa Cintya afirma que, a partir do projeto, houve um grande impulso em sua formação, pois aprendeu a escrever artigos e a participar de eventos científicos. “Aprendemos a transformar nossa prática em pesquisa, o que representa  um diferencial na formação de qualquer estudante. Minha experiência no IFRR me ajudou, inclusive, na seleção da pós-graduação da UFRR, onde curso o Mestrado em Letras.

Lançamento – O lançamento do livro ocorrerá no dia 1.º de junho, no Campus Maracanã do IFRJ, durante o simpósio que leva o mesmo nome do livro. Na oportunidade, as egressas e a professora orientadora apresentarão um painel sobre o projeto.

 

Virginia Albuquerque

CCS/Campus Boa Vista

18/5/2017