Servidoras são homenageadas na data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher

por Virginia publicado 09/03/2018 16h14, última modificação 09/03/2018 16h14
Programação alusiva ao Dia da Mulher reuniu servidoras e alunas do Campus Boa Vista.

Nesta quinta-feira, dia 8, data em que foi comemorado o Dia Internacional da Mulher, uma programação especial foi realizada para homenagear as servidoras do Campus Boa Vista (CBV). Nos turnos da manhã e da tarde, foram realizadas dinâmicas de acolhimento e exposição de cartazes com temas relacionados à valorização da mulher, e, para finalizar, foi servido um lanche compartilhado para festejar a data.

Durante as dinâmicas, as servidoras foram visitadas em seus setores de trabalho ou abordadas nos corredores e receberam abraços, acompanhados de palavras de incentivo, agradecimentos e parabenizações, dos alunos do curso Técnico em Secretariado integral integrado ao ensino médio, que colaboraram com a atividade.

mulher4.jpg
Com um simples, mas singelo abraço as servidoras foram surpreendidas em seus setores de trabalho.

Durante o lanche compartilhado, servido na sala de reuniões do CBV, a diretora-geral do campus, professora Joseane Cortez, fez uma reflexão acerca do papel da mulher na instituição, enfatizando a necessidade de envolver as estudantes nas discussões acerca da importância da valorização feminina. “Por meio das disciplinas de Sociologia e História, foram abordados assuntos relacionados ao empoderamento da mulher. A dinâmica do abraço veio ao encontro da necessidade de transformarmos o espaço do trabalho em um ambiente de acolhimento, solidariedade, afetividade, no qual possamos propor debates e reflexões sobre temas correlatos, considerando que a mulher ainda é minoria em determinadas frentes, pois, mesmo já tendo conquistado espaço no mercado de trabalho, nem sempre tem as mesmas condições de acesso que os homens. E isso deve ser discutido com nossas servidoras e alunas, que estão presentes em número maior que os homens e participam ativamente das decisões”, frisou a gestora.

Ainda para a professora Joseane, outros contextos devem ser considerados, como o das mulheres migrantes que estão na rua, o das que ainda não tiveram acesso à formação, o das desempregadas, o das que, mesmo com leis que as protegem, ainda sofrem violência, o das que ocupam os mesmos postos de trabalho que os homens, mas recebem remuneração inferior, e o das que recebem os olhares e as atitudes machistas, ainda muito evidentes na sociedade. Todos esses assuntos devem ser discutidos para que se promova a construção da identidade feminina na atualidade.

“A reestruturação de nosso campus passa, primordialmente, pelas mãos das mulheres, que têm se dedicado de forma incansável para superarmos os desafios e alcançarmos nossas metas. A gestão não tem como caminhar sozinha, e esse apoio é fundamental. A mulher representa uma força de trabalho importante, com poder de decisão e de operacionalização, já que ela não se furta ao trabalho. Então, precisamos, sobretudo, agradecer-lhe!”, completou Joseane.

copy_of_mulher2.jpg
Os cartazes apresentaram temas relacionados a diversos aspectos da vida da mulher em sociedade.

Sobre as dinâmicas desenvolvidas no Dia da Mulher, a servidora Deuzuita Barbosa Aquino as descreveu como simples e criativas, e ressaltou que proporcionaram um momento de descontração e integração.

 

Virginia Albuquerque
Jornalista
CCS/Campus Boa Vista
9/3/2018