Campus Novo Paraíso do IFRR completa dez anos de implantação

por Márcio Mota publicado 04/12/2017 14h55, última modificação 06/12/2017 09h57
A unidade fica localizada no sul do estado, no Município de Caracaraí, e atende cerca de 400 estudantes em cursos técnicos

Para comemorar os dez anos de implantação, o Campus Novo Paraíso do Instituto Federal de Roraima (CNP-IFRR) planeja, no período de 6 a 9 de dezembro, nas dependências da unidade, programação especial para os públicos interno e externo, que inclui a realização de grandes eventos institucionais como o IF Comunidade e o Encontro de Egressos.

O início das atividades será nesta quarta-feira, dia 6, com a cerimônia de abertura, que vai contar com a presença do diretor-geral do campus, Eliezer Nunes, da pró-reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Tecnológica, Fabiana Letícia Sbaraini, que, na ocasião estará como reitora em exercício, e de outros gestores da instituição. No mesmo dia, inicia-se o 1.° Seminário de Educação do Campo, que terá a presença da professora doutora Heloísa Borges, da Universidade Federal do Amazonas, falando sobre as políticas nessa área.

No dia 7, as atividades seguem com a palestra do professor doutor Cícero Ferreira, do Campus Castanhal do Instituto Federal do Pará (IFPA). Na sexta-feira, dia 8, será a vez do 3.° Encontro de Egressos da unidade, que visa proporcionar momento de troca de experiências entre alunos e ex-alunos da unidade. Também serão promovidos jogos e apresentações culturais.

No sábado, dia 9, a comemoração dos dez anos termina com o IF Comunidade, uma das principais ações de extensão do IFRR, que permite que a comunidade atendida pelo campus conheça os trabalhos desenvolvidos por estudantes e servidores. Paralelo ao evento, será realizada a 1ª Feira Intercultural do campus.

O CNP iniciou suas atividades em 2007 como unidade descentralizada do Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet). Dada sua posição geográfica, no sul de Roraima, seu atendimento não está restrito a Caracaraí, onde fica a sede do campus.  Abrange os Municípios de São Luiz do Anauá, São João da Baliza, Caroebe e Rorainópolis, fato que une estudantes que percorrem até 10 km àqueles cuja rota supera os 180 km diários.

Atualmente, a unidade atende cerca de 400 estudantes, nos cursos técnicos em Agropecuária, Agricultura, Agroindústria e Aquicultura, o mais recente. Para apoiar o ensino, a pesquisa, a extensão e a inovação tecnológica, o campus dispõe de ampla estrutura que contempla, além de salas de aula, alojamento, refeitório,  biblioteca, laboratórios e ambientes práticos no campo, os quais permitem uma formação completa dos futuros profissionais.

O CNP vem se destacando na pesquisa aplicada e na inovação tecnológica, desenvolvendo diversos projetos em linhas de pesquisa como as de produção vegetal e animal, ciência e a tecnologia de alimentos e energia renovável, contribuindo, de forma sustentável, para o desenvolvimento da região. Em agosto deste ano, por exemplo, o campus ficou em evidência ao apresentar à sociedade a lenha ecológica composta de resina de breu e resíduos orgânicos, cujo pedido de patente, inclusive, foi depositado no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi).

O professor Eliezer Nunes, diretor-geral do campus, credita os avanços obtidos ao longo desses dez anos ao empenho dos servidores, dos gestores, dos estudantes e dos egressos, que são a prova de como a educação profissional, científica e tecnológica é componente considerável para o desenvolvimento das comunidades atendidas pelo IFRR.

 

Laura Veras 
Ascom/Reitoria
4/12/2017
« Dezembro 2017 »
month-12
Se Te Qu Qu Se Sa Do
27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
  

Guia de Recolhimento da União