Alunos do CNP assistem à palestra do Ibama sobre prevenção a incêndios florestais

por Edjane Matias publicado 13/12/2016 13h35, última modificação 14/12/2016 08h46
O objetivo é intensificar as palestras sobre o tema em 2017 e envolver cada vez mais alunos

Nesta terça-feira, dia 13, representantes do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) realizaram, para alunos do Campus Novo Paraíso do Instituto Federal (CNP-IFRR), uma palestra sobre incêndios florestais e suas consequências.

De acordo com o analista ambiental James Rodrigues de Souza e a gestora ambiental Giovana Mendes de Souza, a instituição está circulando o Município de Caracaraí com ações de educação ambiental com boas práticas na agricultura familiar. A ideia é orientar os agricultores e os filhos destes para que conheçam e ponham em prática técnicas que ajudam a diminuir os problemas com queimadas e suas consequentes agressões ao meio ambiente. “Nós falamos sobre a legislação ambiental, incêndios florestais, código florestal, entre outros temas. Nosso objetivo é conscientizá-los para que haja também uma diminuição na quantidade de processos e multas decorrentes das queimadas e de suas consequências”, ressaltou Rodrigues.

Ainda de acordo com o analista ambiental, essas ações terão continuação durante o ano de 2017 e para isso o Ibama vem buscando estreitar os laços com o Instituto Federal de Roraima para que possam ser promovidas oficinas mais ampliadas para um público maior e para que os alunos possam se tornar, perante os familiares, disseminadores das informações e conhecimentos sobre a legislação, o processo de prevenção ao problema, entre outros.

A gestora ambiental, por sua vez,  lembrou que esse trabalho do Ibama ainda é uma oportunidade para que os agricultores possam ter conhecimento sobre a necessidade de se fazer o Cadastro Técnico Federal (CTF), obrigatório para pessoas físicas e jurídicas que desenvolvem atividades potencialmente poluidoras e utilizadoras de recursos ambientais; atividades e instrumentos  de defesa ambiental (consultoria técnica ambiental ou indústria, comércio, instalação e manutenção de controle de poluição. “O CTF está previsto na Lei de Política Nacional de Meio Ambiente e é gerenciado pelo Ibama”, informou Geovana.

Ela lembrou que, para oferecer mais amplitude no processo de acesso à informação, o Ibama disponibiliza, além dos escritórios, uma Linha Verde, para a qual podem ser feitas denúncias, enviadas opiniões e sugestões. Para isso a pessoa pode entrar em contato com um central atendimento disponível gratuitamente pelo telefone 0800.618080, ou ainda pelo e-mail: linha verde.sede@ibama.gov.br e formulário online em http://www.ibama.gov.br/cadastro-ocorrências

« Novembro 2017 »
month-11
Se Te Qu Qu Se Sa Do
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 1 2 3
  

Guia de Recolhimento da União