COMBATE PERMANENTE - Novas ações contra zika serão realizadas

por Sheneville Cunha de Araújo publicado 01/04/2016 17h10, última modificação 04/04/2016 10h03
O objetivo é manter a comunidade esclarecida sobre formas de contaminação, prevenção e tratamento contra as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti
COMBATE PERMANENTE - Novas ações contra zika serão realizadas

Palestras e atividades lúdicas serão realizadas com os estudantes que iniciaram as aulas agora, no mês de março/ Foto: Gildo Júnior

 

As ações de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças graves como a  zika,  continuam sendo planejadas e realizadas pelo Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR). O Campus Boa Vista Zona Oeste (CBVZO), atento à demanda atual por informações sobre o problema da área de saúde, preparou uma programação voltada para a sensibilização dos estudantes, que começaram o semestre letivo agora, neste mês de março.

Assim, nos próximos dias 5, 6 e 8, será realizada uma série de palestras que abordarão as principais doenças causadas pelo Aedes aegypti. Segundo a presidente da comissão de combate ao zika vírus, do CBVZO, professora Sandra Grützmacher, a palestra visa esclarecer e orientar a comunidade interna do campus sobre como identificar os sintomas das doenças causadas pelo mosquito, além do tratamento e da prevenção.

Na terça-feira, 5, a palestra está programada para iniciar-se às 10h45, para duas turmas do curso técnico integrado de Comércio. Na quarta-feira, 6, a palestra será no mesmo horário, mas para as três turmas do curso técnico integrado de Serviços Públicos. E, na sexta-feira, 8, será a vez das turmas dos cursos técnicos subsequentes de Comércio e de Serviços Públicos receberem as informações, a partir das 21 horas. Toda a programação será realizada na Escola Estadual Elza Breves, onde o CBVZO funciona provisoriamente,  no Conjunto Cidadão, no Bairro Senador Hélio Campos.

“A expectativa é que 100% da comunidade do Campus Boa Vista Zona Oeste, incluindo estudantes, professores e técnicos, participem das palestras e recebam todas as orientações acerca dessas doenças que continuam preocupando a população do estado. Não podemos relaxar. Temos ficar atentos e continuar combatendo esse mosquito, evitando que novas pessoas sejam vítimas das graves doenças transmitidas por ele”, destacou Sandra.

O encerramento da programação da semana será com a apresentação de paródias produzidas pelas turmas dos cursos técnicos integrados do CBVZO. “Essa atividade realizada pelos alunos tem o objetivo de fazer com que eles adquiram conhecimento sobre o assunto, de forma lúdica. Além disso, pretendemos sensibilizá-los para a necessidade de propagação das informações que receberem na atividade”, explicou a professora.

 

 

SHENEVILLE ARAÚJO

CCS/IFRR/CBVZO

1/4/2016

« Dezembro 2016 »
month-12
Se Te Qu Qu Se Sa Do
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1
  

calend_acad_2016

inscreva_se aqui 2017_1

Organograma CBVZO