IFRR tem mais um doutor em seu quadro de docentes

por Virginia publicado 02/03/2015 17h40, última modificação 31/03/2015 14h49
O Instituto Federal de Roraima (IFRR) conta agora com mais um doutor em seu quadro de docentes. O professor Hudson do Vale de Oliveira, do Câmpus Boa Vista Zona Oeste, concluiu, no último dia 28 (sábado), o Curso de Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Estadual de Londrina (UEL).
IFRR tem mais um doutor em seu quadro de docentes

O professor Hudson do Vale de Oliveira concluiu o Curso de Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

O Instituto Federal de Roraima (IFRR) conta agora com mais um doutor em seu quadro de docentes. O professor Hudson do Vale de Oliveira, do Câmpus Boa Vista Zona Oeste, concluiu, no último dia 28 (sábado), o Curso de Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

A tese do professor teve como objetivo apresentar um Diagnóstico e Análise da Cadeia Produtiva de Arroz no Estado de Roraima. Orientado pelo Professor Dr. Édison Miglioranza, o trabalho foi estruturado em três momentos distintos. No primeiro, o autor fez um diagnóstico geral da produção do arroz em Roraima. No segundo, procedeu à análise da produção de arroz na Terra Indígena Raposa Serra do Sol, especialmente levando em conta os conflitos ocorridos na região. Por fim, realizou uma análise da estrutura da cadeia produtiva de arroz em Roraima, com foco na identificação dos elos que compõem essa cadeia.

De acordo com o mais novo doutor, o estudo consistiu num trabalho mais descritivo, baseado em dados disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pela Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento de Roraima (Seplan-RR), e pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), assim como em informações publicadas nos principais veículos de comunicação do estado e em outras obtidas com os produtores, por meio do presidente da Associação dos Arrozeiros de Roraima, Genor Faccio.

“Observamos que a produção de arroz, em Roraima, continua sendo a cadeia produtiva mais bem estruturada, o que pode estar relacionado ao pequeno número de produtores que a compõe. Assim, é possível observar claramente os elos que fazem parte dessa cadeia dentro de cada segmentação, antes, dentro e depois da porteira”, enfatiza Oliveira.

Com mais um doutor na instituição, somam-se agora 21 docentes com esse título, os quais poderão contribuir, de forma significativa, para a formação de nossos alunos, sejam os dos cursos técnicos, sejam os dos cursos superiores, nas diversas áreas do conhecimento.

Virginia Albuquerque

CCS/Reitoria

02/03/2015

« Dezembro 2016 »
month-12
Se Te Qu Qu Se Sa Do
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1
  

calend_acad_2016

inscreva_se aqui 2017_1

Organograma CBVZO