Ações mobilizam campi do IFRR no combate ao Aedes aegypti

por Laura publicado 26/02/2016 09h20, última modificação 26/02/2016 09h20
A iniciativa integra os esforços do governo federal na mobilização e conscientização da comunidade interna e externa, para o combate à proliferação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus Zika.

O Instituto Federal de Roraima (IFRR) participa mais uma vez do Dia Nacional de Mobilização da Educação contra o Zika. A iniciativa integra os esforços do governo federal na mobilização e conscientização da comunidade interna e externa, para o combate à proliferação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus Zika.

Nesta sexta-feira (26), quatro campi da instituição contribuem com atividades na capital e nos municípios de Bonfim e Amajari. Estão previstas palestras, distribuição de material informativo à comunidade, apresentações de vídeo e de paródia, e realização de dinâmica. Participam das ações alunos, professores e técnicos administrativos do IFRR.

Veja abaixo a programação das unidades do IFRR:

Campus Amajari

- Panfletagem e eliminação de criadouros do mosquito na Vila Brasil, sede do município do Amajari, onde funciona o campus, a partir das 8 horas.

Campus Boa Vista Centro

-  Trote solidário realizado pelo Grêmio Estudantil da unidade, a partir das 10 horas, com panfletagem em frente ao campus, situado na Av. Glaycon de Paiva, 2496, Pricumã, objetivando conscientizar a comunidade sobre a importância da prevenção e do combate ao Aedes Aegypti.

A ação conta com o apoio do Exército e da Superintendência Municipal de Trânsito (SMTRAN).

Campus Boa Vista Zona Oeste

- Exibição de vídeo lúdico com informações sobre o mosquito Aedes aegypti, realização de dinâmica com perguntas e respostas, e apresentação de paródia aos alunos do quinto ano da Escola Municipal Raimundo Eloy Gomes, localizada na Rua Major Ecildon Pinto, 860, Senador Hélio Campos, a partir das 10h15.

Campus Avançado do Bonfim

- Palestra educativa para conscientizar e orientar a comunidade acadêmica sobre o enfrentamento ao Aedes aegypti, a partir das 18h30, na Escola Estadual Argentina Castelo Branco, onde funciona a unidade.

O campus também promoveu ação na quinta-feira (25), quando os servidores e colaboradores realizaram um “faxinaço” na sede provisória para eliminar possíveis criadouros do mosquito.

#ZikaZero - O Dia Nacional de Mobilização resulta do Pacto da Educação Brasileira contra o Zika firmado no início do mês entre o Ministério da Educação, demais representantes do governo federal, de estados e municípios, além de instituições e organizações públicas e particulares.

As metas incluem reforçar o repasse de informações para a prevenção e enfrentamento ao Aedes aegypti, programar mobilização para o início das aulas e incluir o tema nas semanas de planejamento pedagógico das escolas/campi de todo o país. Novas atividades estão previstas em todo o Brasil para o dia 4 de março.

Mais informações sobre a mobilização da educação contra o zika estão disponíveis na página da campanha.

 

Laura Veras

Com informações da CCS/CBVC, CCS/CBVZO e CCS/CAM.

26/02/2016

« Dezembro 2016 »
month-12
Se Te Qu Qu Se Sa Do
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1