IFRR comemora 23 anos de criação

por Antonio Evaldo Soares publicado 14/06/2016 17h05, última modificação 30/06/2016 08h20
A programação tem início nesta quarta-feira e segue até o dia 30 de junho

Para comemorar 23 anos de atuação na área da educação profissional e tecnológica no estado, o Instituto Federal de Roraima (IFRR) prepara uma programação especial em alusão à data, com exposições, arraiais, saraus, gincanas e apresentações culturais voltadas à comunidade acadêmica.

A abertura das atividades ocorrerá às 9 horas desta quarta-feira, dia 15, no Campus Boa Vista Centro, onde haverá exposição fotográfica do Programa Mulheres Mil, mostra cinematográfica de curtas-metragens e ainda um sarau musical.

As demais unidades também participam da programação. No Campus Amajari, ela será a partir do dia 22; na Reitoria, em 24 de junho; no Campus Avançado do Bonfim, no dia 27; no Campus Novo Paraíso, em 29 de junho e no Campus Boa Vista Zona Oeste, no dia 30.

O reitor do IFRR, professor Ademar de Araújo Filho, destaca que o aniversário representa o crescimento e a relevância da instituição em Roraima. “Ao longo destes 23 anos de excelência na educação do extremo norte do Brasil, passamos por etapas pontuais, como a de criação e implantação da Rede Federal, a de estruturação e de regulamentação, e, finalmente, chegamos à etapa de consolidação, que será papel da nova gestão eleita na última semana. Nesse sentido, ficamos muito felizes em poder comemorar o êxito desse trabalho, que vem sendo refletido no atendimento a jovens e adultos por meio da oferta de cursos em todos os níveis, tanto na capital quanto no interior do estado”, disse.  

Histórico – Inicialmente implantado como Escola Técnica em 1986, o IFRR começou suas atividades em 1987. Em 21 de dezembro de 1989, por meio do Parecer 26/89, o Conselho Territorial de Educação autorizou e reconheceu a instituição como Escola Técnica de Roraima.

A criação da Escola Técnica Federal ocorreu cerca de quatro anos depois, a partir da publicação da Lei 8.670, em 1º de julho de 1993. Em 2002, por meio do Decreto Presidencial de 13 de novembro, a instituição credenciou-se como Centro Federal de Educação Tecnológica, passando à denominação de Centro Federal de Educação Tecnológica de Roraima (Cefet-RR).

Por fim, no dia 29 de dezembro de 2008, o presidente da República sancionou a Lei 11.892, que criou 38 Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, entre eles o Instituto Federal de Roraima (IFRR), que iniciou suas atividades com três campi, o Boa Vista Centro, o Novo Paraíso e o Amajari.

Neste momento, a instituição conta com seis unidades, localizadas na Capital, Boa Vista, e nos municípios de Caracaraí, Amajari e Bonfim, que promovem a inclusão social de mais de 4 mil alunos, entre jovens e adultos, por meio das ações de formação profissional e tecnológica, em todos os níveis, nas modalidades presencial e a distância.

 

Laura Veras

CCS/Reitoria

14/6/2016

« Dezembro 2016 »
month-12
Se Te Qu Qu Se Sa Do
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1