IFRR inicia segunda turma de mestrado em Educação Agrícola

por Antonio de Souza Matos publicado 18/07/2016 14h35, última modificação 18/07/2016 14h36
Com a assinatura do documento, os servidores aprovados no processo de seleção estão aptos a participar do curso de mestrado do PPGEA, que deverá ter início no dia 25 de julho
IFRR inicia segunda turma de mestrado em Educação Agrícola

Solenidade de assinatura do Termo de Compromisso para o mestrado em Educação Agrícola

Nos próximos anos, o Instituto Federal de Roraima (IFRR) deverá contar com mais 30 mestres no seu quadro efetivo. Na manhã desta segunda-feira, dia 18, os servidores da instituição aprovados no processo seletivo para o Programa de Pós-Graduação em Educação Agrícola (PPGEA), da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), assinaram o Termo de Compromisso contendo as normas para a participação no curso de mestrado, que deverá ter início no dia 25 de julho.

O reitor do IFRR, Ademar de Araújo Filho, explicou que a oferta da segunda turma do mestrado em Educação Agrícola representa uma grande vitória para a instituição. “Hoje demos início à formação de mais um turma do PPGEA, o que é motivo de grande satisfação, haja vista os resultados positivos que nossos servidores deverão trazer para o IFRR. A iniciativa, sem dúvida, reflete a continuação do nosso plano de qualificação, que atende na atualidade 90 servidores em cursos de pós-graduação”, disse.

Tânia Cláudio foi  uma das aprovadas para o mestrado. Ela é técnica administrativa há 26 anos. “Iniciei como assistente administrativa, fiz graduação e então tive a oportunidade de me especializar pelo instituto. Agora, inicio uma nova etapa com o mestrado em Educação Agrícola, também pelo IFRR, o que para mim significa valorização como servidora e a oportunidade de crescimento profissional e pessoal. Gostaria de agradecer à equipe do Instituto Federal de Roraima, em especial ao professor Emanuel Alves de Moura, que esteve à frente dessa empreitada”, relatou.

A docente da área de Pedagogia Leilza Pires também irá compor a nova turma do PPGE. Ela compartilhou a felicidade de ter sido aprovada e de iniciar o curso de mestrado em Educação Agrícola. “Acredito que a pesquisa proposta terá uma significância para a inclusão de alunos com deficiência na nossa instituição, contribuindo para o IFRR como um todo. Portanto, estou feliz e com muitas expectativas”, contou.  

O PPGEA adotará a pedagogia de alternância, razão pela qual os alunos irão intercalar um período de convivência na UFRRJ com outro no Campus Boa Vista. Com a assinatura do Termo de Compromisso, os servidores estão aptos a participar da primeira semana de formação, que ocorrerá no período de 25 a 29 de julho, no Rio de Janeiro.

O reitor do IFRR informou que novas oportunidades de pós-graduação deverão ser ofertadas em breve. “Nesta terceira fase, a de consolidação, mais do que nunca estamos investindo em nossos servidores: docentes e técnicos administrativos. Desse modo, continuaremos a fomentar o plano de qualificação, desta vez com o investimento em doutorados, por meio da oferta de programas que estão em fase de estudo e que deverão se concretizar na nova gestão”. 

PPGEA – Reconhecido e recomendado pela Capes, o programa oferece um curso de mestrado acadêmico na área de Educação Agrícola há mais de dez anos. Todas as suas ações são planejadas e desenvolvidas em torno de três eixos: interação, inclusão e participação. Ao longo de sua história, o PPGEA tem tido um papel de destaque na formação dos servidores dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia no País, nas áreas de educação e gestão do ensino agrícola, discutindo as concepções de gestão em uma perspectiva participativa e dialógica, dentro de um pressuposto da Teoria Crítica da Educação.

 

Laura Veras
CCS/Reitoria
18/7/2016

 

 

 

« Dezembro 2016 »
month-12
Se Te Qu Qu Se Sa Do
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1