Sandra Mara assume o IFRR com discurso pautado na gestão de oportunidades

por Laura publicado 01/11/2016 16h25, última modificação 01/11/2016 16h25
Em cerimônia realizada no anfiteatro da Reitoria da instituição, o ex-reitor, Ademar de Araújo Filho, transmitiu o cargo à professora Sandra Mara Botelho, a primeira mulher eleita para o cargo no IFRR

A manhã desta terça-feira, dia 1.°, foi histórica para o Instituto Federal de Roraima (IFRR). Em cerimônia realizada no anfiteatro da Reitoria da instituição, o ex-reitor, Ademar de Araújo Filho, transmitiu o cargo à professora Sandra Mara Botelho, a primeira mulher eleita para o cargo no IFRR.  Ela ficará à frente da gestão no quadriênio 2016-2020.

O evento reuniu estudantes, servidores e gestores das seis unidades da instituição, além de autoridades e representantes da sociedade civil. Na ocasião, todos acompanharam a leitura do termo de posse, a qual ocorreu na última quinta-feira, dia 27, em Brasília (DF), e o recebimento da veste talar e da bandeira institucional pela reitora, simbolizando a transmissão do cargo.   

Reafirmando o tripé que orientou sua campanha, “ética, trabalho e compromisso”, Sandra Mara falou sobre a disposição de desenvolver uma gestão de oportunidades, tendo por base os princípios da administração pública, a valorização do servidor, o desenvolvimento qualitativo das ações e uma visão sistêmica e integrada de todos os campi e da Reitoria. “Essa gestão que hoje começa conhece os desafios, mas igualmente conhece suas capacidades e competências. Concebe os deveres, mas sabe seus direitos, e por eles luta”, salientou.

Considerando o atual contexto político e econômico do País, a reitora ressaltou que a atuação dos gestores deverá ocorrer de maneira mais criativa, para que as dificuldades sejam encaradas como estímulo para o comprometimento institucional e para o desenvolvimento da educação profissional e tecnológica em Roraima. “O ideal que deve permanecer em nossas ações é o de esperança e confiança no que ainda é possível construir: uma educação pública, de qualidade e de excelência para o nosso país, que é a marca das nossas instituições”, pontuou.

Na cerimônia, Sandra Mara também recebeu um botton como símbolo da sua entrada no Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). Quem realizou a entrega foi o diretor de Relações Institucionais do conselho e reitor do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Antônio Venâncio Castelo Branco. Em seu discurso, ele destacou o trabalho relevante da professora no Fórum de Relações Internacionais do Conif, que tem contribuído para a internacionalização dos institutos federais. “Considerando a consolidação dos IFs como espaços privilegiados de construção, socialização e democratização do conhecimento, desejamos sucesso na continuidade desse trabalho significativo do IFRR, o qual tem contribuído para o engrandecimento da educação profissional e tecnológica”, complementou.

O ex-reitor do IFRR, Ademar de Araújo Filho, aproveitou o momento para saudar a nova gestão e apresentar alguns resultados obtidos pela instituição nos últimos quatro anos. “Conseguimos manter e ampliar a atual estrutura do IFRR, elevando para cinco o número de campi e aplicando 21 milhões em obras. Também criamos mais 17 polos de Educação a Distância. Com isso, aumentamos a nossa atuação, chegando a 14 dos 15 municípios de Roraima. Esses e outros avanços, a exemplo da criação dos Comitês de Políticas Indígenas e de Políticas Inclusivas, nos garantem a sensação de dever cumprido, mas com um gosto de poder fazer ainda mais, o qual passamos com total alegria para essa nova gestão, certos de que ela buscará sempre construir novas oportunidades para a comunidade local”, concluiu.

Representando a governadora do Estado de Roraima, Suely Campos, o atual secretário de Estado da Educação e Desportos, Emanuel Alves de Moura, também compareceu à cerimônia e ratificou a importância da parceria entre as duas instituições, que já garantiu o atendimento de demandas como o asfaltamento da rodovia que dá acesso ao Campus Amajari do IFRR. “Sempre estaremos de portas abertas, pois acreditamos no crescimento do estado por meio de parcerias. Desejamos que a nova gestão continue e otimize o trabalho que tem sido desenvolvido, no sentido de ofertar um educação pública, gratuita e de qualidade”, disse.

IFRR – A instituição atua há 23 anos em Roraima e conta com uma estrutura multicampi composta pela Reitoria e pelos Campi Boa Vista Centro, Boa Vista Zona Oeste, Novo Paraíso, Amajari e Avançado do Bonfim, os quais, por intermédio do trabalho realizado por 661 servidores, promovem a inclusão social de aproximadamente 5 mil estudantes, entre jovens e adultos, mediante ações de formação profissional e tecnológica, nas modalidades presencial e a distância.

 

Laura Veras 
Fotos: Gildo Júnior
CCS/Reitoria 
1/11/2016
« Dezembro 2016 »
month-12
Se Te Qu Qu Se Sa Do
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1