AULAS PRESENCIAIS – Alunos falam sobre expectativas para o ano letivo 2022

por Virginia publicado 23/02/2022 15h50, última modificação 23/02/2022 15h50
Na última segunda-feira, 21, eles retornaram ao campus depois de quase dois anos sem aulas, suspensas em março de 2019 em virtude do aumento dos casos de covid-19.

O ano letivo 2022 começou com muitas expectativas para os alunos dos cursos técnicos integrados ao ensino médio integrais e subsequentes do Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV/IFRR). Na última segunda-feira, 21, eles retornaram ao campus depois de quase dois anos sem aulas, suspensas em março de 2019 em virtude do aumento dos casos de covid-19.

Em razão da pandemia, que exigiu mudanças no formato das aulas, todos tiveram de se adaptar ao ensino não presencial, com aulas por meio das plataformas de videoconferência e do Ambiente Virtual de Aprendizagem do IFRR, o AVA/Moodle. Esse longo período alterou a rotina dos estudantes e acabou influenciando na concentração, no engajamento das turmas e, em alguns casos, no rendimento escolar.

O aluno do 2.º ano do curso Técnico em Eletrônica Welington Pereira de Sousa conta que a rotina da pandemia ocasionou maior envolvimento com os afazeres domésticos e dispersão das atividades escolares. “Infelizmente, eu acabei não conseguindo acompanhar e fiquei reprovado, mas aqui na aula presencial é diferente, porque tem a presença constante dos professores. Assim, consigo focar naquilo que eles estão explicando e aprender. Estudar fora do ambiente escolar representou um grande impacto, porque estávamos praticamente sozinhos, em casa. Já na escola, bastava eu virar para o lado que tinha os colegas para me ajudarem com alguma questão. Em casa, a gente também acaba se afastando dos amigos. Então, para este ano, o que eu espero é justamente isto: mais foco, mais estudos e que tudo logo volte ao normal”, disse.

Assim como Welington, o estudante do mesmo ano e curso Eduardo Ribeiro Lemos relata que, após quase dois anos de aulas em casa, apesar das aulas remotas, a conexão com a escola foi perdida. “Perdemos a conexão direta com a escola e tanto o aluno como o professor tiveram de aprender juntos como fazer no novo formato. O professor não tinha como acompanhar de perto o aluno, e isso dificultou bastante, pois o formato on-line não nos dava possibilidade de ter contato físico. Mas agora, com as diversas alternativas que estão sendo apresentadas, criamos altas expectativas, até porque o ensino virtual acabou nos ajudando a experimentar novas estratégias e metodologias que vão continuar sendo utilizadas. Com isso, acredito que este ano vai ser muito proveitoso”, disse.

Para recepcionar os alunos no retorno às aulas presenciais, a equipe pedagógica do CBV preparou um momento de acolhimento bem descontraído, no ginásio pedagógico, com apresentações culturais e boas-vindas dos gestores. Além disso, logo no primeiro dia, os estudantes receberam um kit institucional, composto por 1 garrafinha para água, 2 máscaras de tecido e 1 garrafinha de álcool 70%.

A diretora-geral do CBV, professora Joseane de Souza Cortez, afirma que o cenário ainda é de muita apreensão, mas que, com a colaboração de todos, será também um momento de muita alegria e satisfação. “Sabemos que este momento ainda nos traz muita apreensão. No entanto, se obedecermos às medidas sanitárias recomendadas pelas organizações de saúde e trabalharmos com o escalonamento proposto, temos a certeza de que será um passo importante para a volta da presencialidade com a normalidade que esperamos. Na reunião de pais, realizada na semana passada, foram dados muitos depoimentos significativos, de muita crença e esperança neste retorno. Temos consciência de que precisamos continuar com todos os protocolos sanitários e motivados para encontrar alternativas e caminhos para retomarmos nosso percurso. Portanto, estamos muito felizes em receber todos os estudantes, revê-los e/ou conhecê-los, tendo a certeza de que o aperto de mão e o abraço, ainda proibidos por causa da pandemia, se materializarão nos gestos e olhares de boas-vindas”, comentou.  

Ela destacou ainda a importância de alunos, professores e demais servidores manterem sempre a atenção aos protocolos de biossegurança. “Para este reencontro, ressaltamos que se faz necessário o cumprimento de todas as medidas sanitárias, que já passaram a ser rotina no nosso dia a dia, como o uso de máscara, o uso do álcool e o distanciamento. Solicitamos a cada aluno que traga o seu material escolar de uso pessoal, o seu lanche, bem como os equipamentos de proteção individual. Todos receberam um kit com alguns itens de proteção, para que comecemos o ano letivo primando pelo convívio com muita segurança, tranquilidade e solidariedade”, disse.

Calendário escolar – Neste momento estão retornando às aulas os alunos dos cursos técnicos integrados integrais ao ensino médio e os estudantes dos cursos técnicos subsequentes.

As turmas do 3.º ano terão aulas no turno matutino. As dos 2.º ano serão atendidas no turno vespertino. Já os estudantes das turmas dos 1.º ano, que serão formadas pelos aprovados no Processo Seletivo 2022.1, começarão a estudar em abril. Para todos os cursos técnicos subsequentes, as aulas permanecerão no turno da noite.

Até à conclusão do ano letivo de 2021, prevista para maio, o ensino superior segue com aulas remotas. Já os alunos ingressantes por meio do Vestibular 2022.1, assim como os dos cursos de pós-graduação, começarão suas aulas em abril.

Sendo assim, o CBV terá pelo menos dois calendários escolares para atender a todos os cursos, conforme o diretor de Ensino, professor Ananias Noronha Filho. “Teremos um calendário acadêmico exclusivo para os segundos e terceiros anos e outro para as novas turmas do Processo Seletivo e Vestibular 2022.1, e, neste calendário, tentaremos inserir os cursos do ensino superior que irão concluir o semestre letivo 2021.2 somente em maio. Então, diante dessas especificidades, teremos de trabalhar com mais de um calendário, para que possamos atender de forma satisfatória a todos os cursos”, explicou.

 

 

Virginia Albuquerque
CCS/Campus Boa Vista
23/2/22