Curso de Aquicultura completa seis anos de criação

por Rebeca publicado 18/11/2020 09h37, última modificação 18/11/2020 09h37
No dia 18 de novembro de 2014, o Campus Amajari do Instituto Federal de Roraima (CAM/IFRR) realizava a primeira aula inaugural do curso Técnico em Aquicultura. Criado há seis anos, foi o primeiro curso técnico da área no estado de Roraima, e já formou mais de 40 profissionais. Iniciou-se na modalidade subsequente ao ensino médio, tornando-se, logo depois, parte da grade de cursos do CAM.

No dia 18 de novembro de 2014, o Campus Amajari do Instituto Federal de Roraima (CAM/IFRR) realizava a primeira aula inaugural do curso Técnico em Aquicultura. Criado há seis anos, foi o primeiro curso técnico da área no estado de Roraima, e já formou mais de 40 profissionais. Iniciou-se na modalidade subsequente ao ensino médio, tornando-se, logo depois, parte da grade de cursos do CAM. 

Em 2016, foi implantado na modalidade integrado ao ensino médio e houve o primeiro vestibular para o curso superior de Tecnologia em Aquicultura. A primeira turma do curso superior formou, no início de 2020, oito tecnólogos. A previsão é que mais uma turma conclua o curso no fim do ano.

Para o professor do CAM Lucas Comassetto, que atua na unidade de ensino desde a implantação do curso, a piscicultura tem uma importância econômica muito grande para o Estado de Roraima devido aos aspectos culturais da Região Norte em relação ao consumo de pescado. “Este curso veio para profissionalizar as pessoas que trabalham na área. É um curso muito importante para a cadeia de produção de pescado, e hoje o Município de Amajari é o segundo maior produtor de tambaqui do Brasil. Podemos ver que os grandes produtores de peixe do estado já podem contar e contratar os profissionais formados pelo CAM”, disse.

Os cursos técnico e superior em Aquicultura formam profissionais com competências e habilidades para atuarem na produção, na pesquisa, na comercialização, na fiscalização, na extensão, no planejamento, na gestão e nos demais segmentos relacionados à produção animal, vegetal, mineral aquícola e pesqueira, principalmente de peixes, crustáceos, moluscos, rãs e algas.

Esse profissional colabora na execução e no manejo dos ambientes de cultivo, envolvendo aspectos relativos à reprodução, à larvicultura e à engorda de espécies aquáticas, preparando tanques e viveiros para o cultivo e realizando o controle da qualidade de água e do solo.

 
Ascom/Reitoria
Bruna Castelo Branco
Fotos: Divulgação
18/11/2020

CGP