ESCOLHA DE DIRIGENTES – Professora roraimense é eleita nova reitora do IFRR

por Rebeca publicado 03/09/2020 10h25, última modificação 04/09/2020 08h09
registrado em:
“Nosso compromisso é trabalhar arduamente e lutar por condições necessárias para o desenvolvimento da nossa instituição”, disse Nilra Jane

A nova reitora do Instituto Federal de Roraima para o quadriênio 2020-2024 é a professora de Matemática Nilra Jane Filgueira Bezerra, 53, roraimense, com 35 anos de serviço público. Eleita com 33,95% dos votos, ela falou sobre as expectativas e os desafios para os próximos quatro anos à frente do IFRR, que completou 27 anos em 2020. O resultado final da escolha dos dirigentes foi publicado nesta quarta-feira, 2, e será apresentado e votado dia 4 no Conselho Superior (Consup).

Nilra vai comandar uma estrutura multicampi composta pela Reitoria e pelos Campi Boa Vista, Boa Vista Zona Oeste, Novo Paraíso, Amajari e Avançado Bonfim, os quais, por intermédio do trabalho realizado por 621 servidores, promovem a inclusão social de aproximadamente 5,8 mil estudantes, entre jovens e adultos. São ações de formação profissional e tecnológica nas modalidades presencial e a distância.

Inicialmente, a reitora eleita agradeceu os votos recebidos de professores, técnicos administrativos e estudantes do IFRR e a confiança depositada para dirigir a instituição nos próximos quatro anos. Contou que vencer esse processo foi a materialização de um projeto coletivo. Também parabenizou o trabalho das comissões eleitorais e todos os profissionais envolvidos no processo de consulta. “Imagino que não foi fácil, mas, com profissionalismo e dedicação de todas as equipes, alcançamos o êxito esperado”, disse.

Em relação às prioridades, Nilra Jane destacou a valorização do servidor e o fortalecimento do tripé ensino, pesquisa e extensão. “Portanto, a nossa prioridade inicial será realizar um levantamento de demandas de todos os setores de forma categorizada e de maior importância e definir em quais áreas os recursos disponíveis serão alocados. Reafirmamos o nosso compromisso de priorizar uma gestão colegiada, democrática, ética e transparente”, explicou.

Quanto aos desafios de gerir uma instituição de educação diante de várias crises vivenciadas pela sociedade moderna, em especial no atual cenário econômico do País, agravado pelo novo coronavírus, Nilra comenta ter consciência do grande desafio que a aguarda, mas acredita que, com a colaboração e a união de todos, a instituição consiga superar e obter excelentes resultados.

Entre os desafios a serem enfrentados por uma instituição ainda em fase de expansão, conforme Nilra, está o de incrementar a assistência estudantil diante dos novos tempos. “Tempos de crise política, econômica e institucional, e até de saúde, que vão nos desafiar, em um contexto em que direitos historicamente conquistados são relativizados com extrema facilidade”, disse.

Conforme Nilra, há concretamente um corte de verbas preocupante no ensino público que impactará a gestão. “Entretanto, vale lembrar que nenhuma sociedade se aperfeiçoa sem educação. E esse é o nosso compromisso: trabalhar arduamente e lutar por condições necessárias para o desenvolvimento da nossa instituição. Devemos enfrentar os desafios que estão diante de nós com muito diálogo, entendimento e solidariedade. Para isso, precisaremos estar juntos”, declarou.

HISTÓRICO – Nos 27 anos de funcionamento, a Rede Federal Tecnológica em Roraima teve várias denominações. Entre 1993 e agosto de 2000 foi Escola Técnica Federal de Roraima (ETFRR), transformando-se em Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) no período de agosto de 2000 a dezembro de 2008. Nesse mês, o governo federal instituiu, por meio da Lei 11.892, de 29 de dezembro de 2008, a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, ao criar os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, incluindo o de Roraima.

Com isso, nesses 27 anos, esta é a quarta vez que a Rede Federal terá um roraimense no comando, todos nascidos em Boa Vista (RR). Nilra Jane é a segunda pessoa natural de Roraima a ocupar o cargo de o reitor do IFRR. O primeiro foi Ademar de Araújo Filho, que foi reitor de setembro de 2012 a outubro de 2016. Antes, outros roraimenses dirigiram a instituição.

Edvaldo Pereira da Silva foi reitor pro tempore do IFRR de janeiro de 2009 a agosto de 2012 e diretor-geral do Cefet entre agosto de 2004 e janeiro de 2009. Emanuel Alves de Moura foi diretor-geral do Cefet-RR de agosto de 2000 a agosto de 2004 e da Escola Técnica Federal de Roraima, de julho de 1996 a agosto de 2000.

O mandato da atual reitora do IFRR, Sandra Mara Dias Botelho, natural de Novo Hamburgo (RS), eleita para o quadriênio 2016-2020, vai até 18 de outubro. Sandra Mara ficou em segundo lugar na consulta dos novos dirigentes 2020-2024, com 28,34% dos votos.

 

Link do resultado final: https://www.ifrr.edu.br/acessoainformacao/participacao-social/conselhos-e-orgaos-colegiados/conselho-superior/editais/2020/processo-de-escolha-de-reitor-e-de-diretores-gerais-do-ifrr-quadrienio-2020-2024/resultado-final-do-processo-de-consulta

 

 
 
Ascom/Reitoria
Rebeca Lopes
Foto: Divulgação
2/9/2020
« Outubro 2020 »
month-10
Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31