FUNDAÇÃO DE APOIO – IFRR avalia possibilidade de associação

por Sofia Lampert publicado 13/12/2019 16h35, última modificação 13/12/2019 16h35
Nesta quarta-feira, 11, na sala de reuniões da Reitoria, ocorreu uma reunião entre os gestores do Instituto Federal de Roraima (IFRR) e o presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia (Facto), Klinger Caprioli

Nesta quarta-feira, 11, na sala de reuniões da Reitoria, ocorreu uma reunião entre os gestores do Instituto Federal de Roraima (IFRR) e o presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia (Facto), Klinger Caprioli. O objetivo foi melhorar o entendimento a respeito do uso de fundações de apoio para auxílio na gestão de projetos desenvolvidos pelo IFRR em parceria com instituições de ensino, pesquisa, extensão, desenvolvimento institucional, inovação e desenvolvimento científico e tecnológico.

Durante a reunião, Caprioli explicou como uma fundação de apoio, a exemplo da Facto, com perfil jurídico de direito privado e sem fins lucrativos, pode dar maior celeridade, de forma planejada e transparente, na gestão administrativa e financeira de projetos das instituições de ensino superior do País. De acordo com ele, a Facto, vinculada ao Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), tem expertise nesse tipo de convênio com os institutos federais, haja vista sua atuação em sete deles e o andamento do processo de associação com  mais dois.

A reitora do IFRR, professora Sandra Mara Botelho, explicou a relevância da reunião com os dirigentes das unidades do IFRR para todos terem um entendimento do que é uma fundação de apoio e do papel que desempenha nos IFs.  Além disso, destacou a importância de o IFRR estar associado a uma fundação de apoio. “Por serem instituições de ciência e tecnologia, faz parte da missão dos institutos federais desenvolver possíveis soluções, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão, que contribuam para o desenvolvimento local e regional de uma comunidade. Nesse sentido, a existência de uma fundação de apoio é essencial na execução de um projeto”, disse.

 Já o presidente da Facto, Klinger Caprioli, falou das vantagens de se ter o apoio de uma fundação para a captação de recursos externos para o orçamento dos institutos federais. Segundo ele, isso amplia a possibilidade da oferta de bolsas, inclusive para os estudantes, que podem pôr a teoria em prática e se preparar para o mundo do trabalho. Além disso, aproxima a instituição ainda mais da sociedade por meio de projetos.  “Quando você tem um projeto de pesquisa, que está trazendo algum tipo de melhoramento para um setor da economia, seja econômico, seja social, seja ambiental, isso faz com que o IF se aproxime ainda mais da sociedade, e isso é uma vantagem muito grande. A fundação de apoio tem condições de ser coadjuvante do IF nessa tarefa de aproximação e de entrega de melhores resultados para a sociedade”, declarou.

O diretor do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do IFRR, professor Vinícius Tocantis, que esteve à frente da organização do evento, declarou que a aproximação do IFRR com fundações de apoio facilitará o acesso a mais projetos. “Por consequência, trará mais possibilidades de bolsas e melhoramento da nossa rede de laboratórios com maquinários e insumos”, disse.  “Mas, acima de tudo, vai nos ajudar na oferta de educação profissional, ciência aplicada e tecnologia de transformação econômico-social, o que vai ao encontro da nossa missão institucional”, concluiu.

O encontro resultou em um melhor entendimento das boas práticas para projetos cooperados por meio desse tipo de associação, além de contribuir para a construção da minuta de regulamentação do relacionamento do IFRR com fundações de apoio.

 

 
Sofia Lampert
Fotos: Simone Moreira
Ascom/Reitoria
13/12/2019
« Agosto 2020 »
month-8
Do Se Te Qu Qu Se Sa
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5