CPA publica o Relatório de Autoavaliação Institucional parcial de 2019

por Rebeca publicado 06/04/2020 17h10, última modificação 07/04/2020 14h22
A publicação foi feita no site da instituição, no último dia 30 de março. Mais uma vez, registrou-se o aumento de contribuições, passando de 1.934 para 2.465

O Instituto Federal de Roraima (IFRR), por meio da Comissão Própria de Avaliação (CPA), publicou o Relatório de Autoavaliação Institucional Parcial de 2019, no site da instituição, no último dia 30 de março. Essa é a data-base anual para a publicação do documento. Mais uma vez, registrou-se o aumento de contribuições, passando de 1.934 para 2.465.  

De acordo com a presidente da CPA, Antonia Valdirene Rabelo, esse resultado é reflexo do comprometimento e da dedicação das equipes que trabalharam em todas as etapas exigidas: sensibilização, efetivação da consulta interna, finalização do processo e publicação do Relatório de Autoavaliação Institucional. 

A autoavaliação tem como objetivo principal identificar o perfil de atuação do instituto por meio de suas atividades, cursos, programas, projetos e setores. O questionário Ciclo 2019 está dividido em cinco eixos temáticos: planejamento e avaliação institucional, desenvolvimento institucional, políticas acadêmicas, políticas de gestão e infraestrutura física.

Conforme Antonia, a CPA tem como atribuições conduzir os processos de avaliação interna da instituição, coletar e sistematizar informações e, ao final do processo, produzir um relatório, que é divulgado no portal institucional e submetido ao sistema do Ministério da Educação (MEC). 

Entre os objetivos da CPA estão avaliar o IFRR, diagnosticar os possíveis pontos fracos, medianos e fortes, e, com base nessa pesquisa, focalizar os trabalhos, por intermédio dos gestores, objetivando a oferta de uma educação de excelência. Outras informações sobre a comissão podem ser obtidas no endereço http://www.ifrr.edu.br/cpa.

Antonia ainda destaca que o sistema de avaliação deve instituir uma prática avaliativa capaz de produzir questionamentos e reflexões críticas, e incrementar diálogos e discussões. “Assim como possibilita a participação dos agentes nas decisões, fomenta e induz a criação de uma cultura de avaliação permanente e internalizada no dia a dia da instituição, direcionada ao melhoramento e à emancipação”, disse.

A avaliação interna da instituição é realizada pela CPA por meio da aplicação de questionários e da utilização de bases de dados. A fonte da pesquisa avaliativa inclui a comunidade acadêmica, envolvendo docentes, técnicos administrativos e estudantes, considerando-se os egressos como segmento da sociedade civil organizada. São avaliadas todas as dimensões previstas e todas as unidades de ensino da instituição.

 

Ascom/Reitoria
Rebeca Lopes
Foto: Divulgação
6/4/2020
« Outubro 2020 »
month-10
Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31