Grupo de Pesquisa do Observatório do Mundo do Trabalho faz primeira reunião

por Rebeca publicado 04/03/2020 10h19, última modificação 04/03/2020 10h19
Formado por dez pesquisadores, entre alunos, professores e técnicos da instituição, e um representante da Seplan, o Grupo de Pesquisa (GP) vai subsidiar as ações do Observatório do Mundo do Trabalho do IFRR com dados e informações sobre esse tema e a educação profissional, científica e tecnológica

Integrantes do Grupo de Pesquisa do Observatório do Mundo do Trabalho do Instituto Federal de Roraima (IFRR) participaram, na tarde desta segunda-feira, 2, de sua primeira reunião. O encontro foi organizado pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e pelo Núcleo do Observatório do Mundo do Trabalho (OMT) para a apresentação das diretrizes e das ações do grupo, bem como de sua constituição e cadastramento no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Formado por dez pesquisadores, entre alunos, professores e técnicos da instituição, e um representante da Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan), o Grupo de Pesquisa (GP) vai subsidiar as ações do Observatório do Mundo do Trabalho do IFRR com dados e informações sobre esse tema e a educação profissional, científica e tecnológica.

Grupo de Pesquisa é a denominação atribuída ao um grupo de pesquisadores e estudantes que se organizam em torno de uma ou mais linhas de pesquisa de uma área do conhecimento, com o objetivo de desenvolver pesquisa científica. Durante a reunião, ficaram definidas duas linhas de pesquisa: educação profissional e tecnológica na Amazônia; e sociedade, políticas públicas e sustentabilidade.

Como o IFRR é uma instituição multicampi, com um total de cinco unidades instaladas, sendo um no Amajari, um no Bonfim, um em Novo Paraíso e dois em Boa Vista, os objetivos do GP são a caracterização social, econômica e cultural das regiões dos campi; a identificação de potencialidades existentes e emergentes; e a elaboração de um diagnóstico dos cursos ofertados em relação ao mercado de trabalho local e regional.

De acordo com a responsável pelo Núcleo do OMT, Marcele Marília Costa de Brito, esse momento representa o marco inicial no desenvolvimento de estudos e pesquisas voltados a conhecer, por meio de dados, a realidade regional das localidades onde estão inseridos os campi do IFRR. “Isso vai possibilitar o fornecimento de informações importantes aos gestores para subsidiar a formulação de ações afinadas com as demandas da sociedade e do mundo do trabalho”, disse.

 


A próxima reunião ocorre dia 6 de abril, às 14h30, na sala de Reuniões da Reitoria. Na pauta estão a apresentação do trabalho desenvolvido pelo Núcleo do OMT, o resultado do pedido de cadastramento no CNPq e a disponibilidade financeira de recursos da Proex para o desenvolvimento das ações.

OMT – O Observatório do Mundo do Trabalho foi criado em toda a Rede Federal com o objetivo de desenvolver estudos e pesquisas para subsidiar os gestores na tomada de decisões sobre a oferta de cursos na educação profissional conforme as necessidades do mundo do trabalho. 

 

 
Ascom/Reitoria
Rebeca Lopes
Fotos: Gildo Júnior/IFRR
3/3/2020
« Julho 2021 »
month-7
Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31